Acerca de mim

A minha foto
Coimbra, Portugal

terça-feira

Jonh B. Watson (1878-1958) - Behaviorismo

"Dêem-me uma dúzia de crianças sadias, bem constituídas e a espécie de mundo que preciso para as educar, e eu garanto que, tomando qualquer uma delas, ao acaso, prepará-la-eí para se tornar um especialista que eu seleccione: um médico, um comerciante, um advogado e, sim, até um pedinte ou ladrão, independentemente dos seus talentos, inclinações, tendências, aptidões, assim como da profissão e da raça dos seus antepassados" (WATSON - Behaviorism).

Watson pretendeu tornar a psicologia uma ciência aplicável aos animais e seres humanos. Para tal, a psicologia tinha de limitar-se ao estudo dos comportamentos observáveis (behavior em inglês), directa ou indirectamente. A psicologia podia então medir as respostas, utilizar o método experimental conseguindo um grau de objectividade superior ao método introspectivo.
Estes comportamentos constituem a resposta (R - reacções físicas) de um indivíduo a um determinado estímulo (E - objectos exteriores).
A base do Behaviorismo é de que um estímulo provoca sempre a mesma resposta pelo que não só seria possível prever os comportamentos, mas igualmente controlar a produção desses comportamentos. E --> R.
A hereditariedade é ignorada e apenas se valoriza a influência social e, ao estudar apenas o observável, fica limitada no estudo dos processos cognitivos.
Aspectos fundamentais:
  • O comportamento compõe-se inteiramente de secreções glandulares e movimentos musculares, sendo, portanto, redutível a processos físico-químicos;
  • Existe sempre uma resposta a todo e qualquer estímulo; toda a resposta tem alguma espécie de estímulo;
  • Os comportamentos mais complexos podem ser entendidos como cadeias (redes) de reflexos mais simples;
A actividade de Watson não se limitou aos meios académicos, tendo deixado a Universidade em 1921 dedicando-se à publicidade até 1946 em agências de nomeada (como vice Presidente na W.J. Thompson ) onde aplicou os seus conhecimentos sobre o comportamento.
Para além de Watson outros autores se destacaram nesta corrente que dominou as primeiras décadas do século XX: Skinner, Tolman e Hull.

Sem comentários:

Enviar um comentário