Acerca de mim

A minha fotografia
Coimbra, Portugal

domingo

Nanismo vs Gigantismo


Nanismo
É uma doença genética que provoca um crescimento esquelético anormal, que geralmente resulta em um indivíduo de baixa estatura, inferior à da média populacional.
Há dois tipos, o nanismo pituitário e a acondroplasia:

1. O nanismo pituitário gera indivíduos de baixa estatura, porém o corpo é proporcional. Adultos com esse tipo de nanismo chegam a medir 1,50m. Pode causar atraso no desenvolvimento sexual nos adolescentes. Recebe este nome por ser causado por um problema na glândula pituitária, também conhecida como hipófise responsável pela produção da hormona do crescimento.

2. O nanismo rizomélico gera indivíduos de baixa estatura com corpo desproporcional. Os indivíduos com este tipo de nanismo têm normalmente menos de 1,50m. A acondroplasia é a forma mais comum de nanismo rizomélico, ocorrendo em 1 em cada 15.000 recém-nascidos.
A doença tem herança autossómica dominante, mas mais de 90% dos casos são esporádicos, causados por mutações novas.

DiagnósticoExiste um teste baseado em amplificação alelo-específica por PCR (Reacções de Polimerização em Cadeia - em termos leigos, utiliza-se uma pequena amostra de ADN e através dessa amostra vai-se fazer cópias, de modo a ter-se mais material de estudo) que permite o diagnóstico da acondroplasia numa questão de horas. Quando o resultado deste teste é normal e há rizomelia (de nanismo rizomélico), deve ser feito o teste molecular para a hipocondroplasia (patologia semelhante a acondroplasia, mas menos grave).

TratamentoNo nanismo pituário o tratamento é feito com injecções de hormonas de crescimento e costuma ser eficaz. Já na acondroplasia somente alguns sintomas podem ser tratados, a exemplo, o pé torto.
Gigantismo
O gigantismo é um transtorno que ocorre quando a hipófise, glândula de secreção interna, passa a produzir excessivamente o hormónio do crescimento (GH). É um quadro de crescimento desordenado, principalmente nos braços e nas pernas, sendo acompanhado de crescimento correspondente na estatura.

Surgimento
Pode surgir ainda na infância, antes da finalização do processo de calcificação, ou durante a puberdade, quando falhas genéticas impedem a calcificação normal desta fase. Em ambos os casos, ocorre uma super produção do hormónio do crescimento, ocorrendo assim, o quadro de gigantismo.

Acromegalia
A acromegalia é um transtorno relacionado ao gigantismo, que ocorre devido à produção excessiva do hormónio de crescimento já na fase adulta (fase na qual as cartilagens de crescimento já se encontram fechadas). Neste caso, ocorre crescimento exagerado nas mãos, pés e queixo.

6 comentários:

  1. Eu adorei essa conteúdo, consegui almentar os meus conhecimentos sobre isso de uma forma rápida e prática, adorei!

    ResponderEliminar
  2. Não entendí nada.Por que nascí anã se meus pais são normais?

    ResponderEliminar
  3. se nao fosse isto tinha nega, é bem same...

    ResponderEliminar