Acerca de mim

A minha foto
Coimbra, Portugal

sábado

Método Montessori

"O potencial de aprender está em cada um de nós."
Maria Montessori

A ideia de que a escola deveria girar em torno do aluno, ao invés do aluno girar em torno da instrução arbitrária, já tem mais de duzentos anos. Mas foi só na primeira metade do século XX que alguns médicos que também eram educadores reuniram as condições essenciais para a realização de tal reforma nos métodos de educação.
Nos seus trabalhos, Itard, Séguin, Montessori e Decroly consideraram as fases do desenvolvimento infantil e as diferenças individuais de cada criança, preocupando-se não apenas com sua formação física e psíquica, mas também com seu processo de adaptação à vida social. Para tanto, partiram do conhecimento da criança nos vários aspectos de sua personalidade, criando condições para que ela pudesse libertar-se interiormente.

Maria Montessori (Itália, 1870 -1952) foi a primeira mulher a formar-se em medicina no seu país, e foi também pioneira na área da pedagogia. Particularmente interessada nos estudos do médico francês Édouard Séguin, um dos desbravadores dos mecanismos da aprendizagem infantil, criou a sua filosofia e o seu método com o objectivo de desenvolver o potencial criativo desde a primeira infância, associando-o à vontade de aprender que existe em cada um de nós.

Especialmente voltado para a educação pré-escolar, o método Montessori tem como principais objectivos as actividades motoras e sensoriais da criança, num trabalho individual que abrange também o aspecto da socialização. Partindo do concreto para o abstrato, está baseado no facto de que as crianças aprendem melhor pela experiência directa de procura e descoberta do que pela imposição do conhecimento.

Para Montessori, o espírito da criança forma-se a partir de estímulos externos que precisam ser determinados. No seu método de ensino a criança é livre, mas livre apenas para escolher os objectos sobre os quais possa agir. Por isso, Montessori criou materiais didácticos simples e muito atraentes, projectados especialmente para provocar o raciocínio e auxiliar em todo tipo de aprendizagem, do sistema decimal à estrutura da linguagem, tornando todo o processo muito mais rico e interessante.

Os objectivos individuais que o método propõe são fazer com que a criança encontre um lugar no mundo, desenvolva um trabalho gratificante e nutra paz e densidade interiores, para ter capacidade de amar. Esses são os fundamentos de qualquer comunidade pacífica, formada por indivíduos independentes e responsáveis.
Neste contexto, o papel do educador é criar condições para que a criança atinja essas metas e desenvolva a sua personalidade integral por intermédio do trabalho, do jogo, de actividades prazerosas e da formação artística e social.
No método Montessori, a escola não é apenas um lugar de instrução, mas também de educação, de vida e de educação para a vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário